Grupos Maristas do RS

Desafio Solidário: PJM do Marista Conceição revitaliza salas da Comunidade São Marcelino Champagnat

PJM nas Unidades,
No fim do mês de agosto, adolescentes e jovens da PJM do Colégio Marista Conceição, de Passo Fundo realizaram a sua ação do Desafio Solidário. Lançada no Encontro de Assessores/as e Animadores/as 2017, a proposta visa celebrar o Bicentenário Marista e funciona da seguinte forma: cada Unidade desafia outra a fazer um gesto de solidariedade. A escolha é feita por meio de sorteio.
 
Os grupos da PJM do Marista Conceição optaram por auxiliar a Comunidade São Marcelino Champagnat com reforma das salas de catequese. Foi realizada uma campanha de arrecadação de material de construção e de doação em dinheiro com Estudantes e Educadores/as. Com isso foi possível colocar forro, revitalizar paredes e fazer a pintura das salas. Houve ajuda de pessoas da Comunidade e de colaboradores/as da escola nos diferentes estágios da reforma. 
 
Essa foi uma das ação do Projeto de Integração que está sendo realizado na Comunidade. A iniciativa ocorre por meio de uma parceria da PJM com comunidade educativa do Colégio.
 
Segundo a Animadora Helora Whalter, a experiência foi maravilhosa. "O sentimento de poder contribuir para a felicidade das outras pessoas é realmente gratificante. Voltamos para casa sujos e com cheiro de tinta, mas acima de tudo, com o coração envolvido pelo amor que sentimos por ajudar o próximo”, afirmou jovem.
 
 
Já para Eduardo Pavin, o projeto é uma maneira de colaborar para a construção da civilização do amor. "Se nós sonhamos com um mundo melhor, precisamos agir e ter em mente que tudo começa por nós mesmos, individualmente. Eu me disponho a ajudar o outro, e assim, mais pessoas entram nesta dança da missão Marista. Fazemos parte de uma história em que a humildade e a simplicidade eram aspectos fundamentais para a construção do que hoje comemoramos 200 anos. Então precisamos continuar com esse legado tão incrível, multiplando os frutos que Marcelino Champagnat deixou", destacou ele que também é Animador.

Projeto de Integração
 
O projeto teve início no mês de maio, quando a PJM decidiu que o Desafio Solidário seria realizado por meio do Projeto de Integração. Assim, optou-se por uma ação de longo prazo em vez de algo pontual, de cunho assistencialista. A iniciativa tem objetivo de favorecer ações de integração, amizade, serviço e solidariedade com a Comunidade que tem como Padroeiro o fundador do Instituto Marista, São Marcelino Champagnat. Quem atuam nas atividades da capela relata que há desafios pastorais, financeiros e de escassez de pessoas para estar a serviço. Portanto, o conselho que administra a Comunidade, acolheu com alegria e esperança a proposta de aproximação com a PJM.
 
 
Ações
 
Uma das primeiras atividades do projeto foi o plantio de uma quaresmeira, no dia 24 de junho. Além de marcar o início do projeto, esta iniciativa fez parte de uma outra ação do Marista Conceição para comemorar os 200 anos do Instituto Marista.
 
Uma outra atividade foi realizada no mês de agosto, quando uma das equipes da 19ª Gincana Champagnat decidiu realizar seu Projeto Social com catequistas e catequizandos/as da Comunidade. Foi realizado um encontro formativo, com dinâmicas, jogos e brincadeiras, cujo tema foi a história de São Marcelino Champagnat e o Bicentenário Marista. Foram doadas Bíblias e outros materiais de uso catequético.
 
Outras atividades ainda estão programadas no local até o fim do ano, sempre com espírito de colaboração com a missão que a Comunidade desenvolve no Bairro Jaboticabal, onde está inserida.
 
 
 
Histórico
 
A Comunidade São Marcelino Champagnat, desde sua fundação, sempre contou com a presença e o apoio dos Irmãos Maristas através dos formadores e formandos do Noviciado no Instituto Champagnat, localizado próximo da Comunidade. 
 
O apoio dos religiosos se dava por meio de serviços pastorais e auxílio financeiros. A congregação subsidiou a construção da capela da Comunidade, a qual se constituiu como réplica idêntica da capela do vilarejo de Rosey, cidade de Marlhes, onde nasceu São Marcelino. Em função da presença constante dos Irmãos na Comunidade, criaram-se fortes vínculos de amizade, trabalho e carisma. 
 
Por diversas razões o Noviciado foi transferido e não há mais residência de Irmãos no Instituto Champagnat. A Comunidade possui diversas lideranças comprometidas e atuantes com espírito serviçal, porém o contexto em que ela está inserida apresenta desafios amplos e a presença dos Irmãos ajudou a enfrentar melhor alguns desses desafios. 
 
O desenvolvimento do Projeto de Integração visa, também, resgatar o contato com a Comunidade e colaborar em sua missão evangelizadora.
 

Jovens e os moradores/as da Comunidade