Grupos Maristas do RS

Eventos importantes | Novos sentidos às práticas e aos projetos

Sobre Juventudes,

Na Semana passada, dia 18 de julho no campus da PUC Minas, aconteceram dois eventos importantes nas áreas da Educação e da Pastoral Universitária: Encontro Latino Americano de Pastorais Universitárias e o Congresso Mundial de Universidades Católicas.

Tanto o EncontroLatino Americano de Pastorais Universitárias como o Congresso das Pastorais Universitárias apontaram que vivemos novos tempos e necessitamos atribuir novos sentidos às práticas e aos projetos que desenvolvemos. Para tal, faz-se necessário continuar refletindo, partilhando e construindo alternativas e respostas em conjunto, diante dos desafios que a realidade nos apresenta.

O Encontro Latino Americano de Pastorais Universitárias, com representantes jovens e assessores da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México e Venezuela teve o objetivo de refletir sobre a situação das pastorais universitárias, buscando partilhar suas realidades e desafios. Durante o evento foi significativa a presença de Dom Gregório Rosa Saez, Bispo Auxiliar de San Salvador, de El Salvador, que conviveu com o mártir latino americano Dom Oscar Romero, um grande defensor da identidade do continente e da causa dos pobres e excluídos. Durante sua participação enfatizou que as Pastorais Universitárias “não devem apenas realizar atividades, mas precisam de projetos”, que busquem conexão com a sua realidade local e um comprometimento com a transformação social.

Encontro Latino Americano de Pastorais Universitárias

Durante o encontro tornou-se perceptível que existe a necessidade de maior articulação entre as Pastorais Universitárias, bem como discussão e aprofundamento de sua identidade e missão. Como forma de buscar um início deste processo foi escrita a “Carta de Belo Horizonte”, onde são apontados alguns desafios comuns a serem trabalhados pelas pastorais.

Já o Congresso Mundial de Universidades Católicas que contou com a participação de aproximadamente 1.500 participantes de diversas partes do mundo teve como lema “Novos tempos, novos sentidos”. O evento procurou discutir os principais desafios para a educação superior católica, enfatizando temas como a fé e a crise de sentido, espiritualidade e comunicação, os espaços de formação do ser humano, a família, a sexualidade, os jovens e o papel da educação na contemporaneidade. 

Há uma consciência de que vivemos novos tempos, que supõem a busca de novas alternativas, visto que as respostas que eram dadas às principais indagações do ser humano e da educação já não respondem mais às necessidades atuais. Para tal, é preciso atribuir novos sentidos aos projetos e à missão das universidades católicas, dialogando os novos desafios que a realidade nos apresenta.

+ Informações

Universidade Pés Descalços, da Índia: Através do seu diretor, Bunker Roy, apresentou uma outra visão de ensino superior, baseado em valores como: educação popular, sustentabilidade, valorização do protagonismo feminino, diálogo inter-religioso e transformação social. A experiência é tão impactante que o jornal inglês The Guardian a indicou como uma das 50 propostas que podem ajudar a salvar o planeta.

Para quem quiser saber mais sobre a conferência de Roy.

 

Confira também

Pesquisa “As culturas dos jovens das universidades católicas”. A mesma foi encomendada pela Federação Internacional de Universidades Católicas (FIUC) e foi coordenado pela espanhola professora Rosa Aparicio Gómez, do Instituto Universitário Ortega y Gasset.

A análise final dos dados da pesquisa somente será divulgada no início de 2014, porém, alguns dados prévios foram apresentados e podem ser conferidos.

Colaboração de texto e informações Mauricio Perondi – Analista de pastoral do centro de Pastoral e Solidariedade da PUCRS