Grupos Maristas do RS

A experiência do EIJM | Change

PJM,

Fazer a experiência [o que nos passa, o que nos acontece, o que nos toca] foi à motivação para os que participaram do EIJM | Change. Mais precisamente para os nove jovens provenientes de Colégios, Unidades Sociais e PUCRS – acompanhados por um Irmão e dois educadores – e nove jovens do Distrito Marista da Amazônia (DMA) – acompanhados por três Irmãos, assim como para os 12 voluntários da Rede Marista. 

Além dessa “turma de fé”, karen Theline (assessora provincial da PJM), Ir. Devis Fischer (vice – provincial e vice – presidente da Rede Marista) e Jair Dutra (assessor da PJM da Unidade Social Marista Santa Marta) fizeram parte da Comissão Organizadora do 3º EIJM.

Com o tema “CHANGE: faça a diferença!”, 17 a 22/7, no Rio de Janeiro, jovens de 40 países dos cinco continentes participaram de um intercâmbio de experiências de fé e cultura, exerceram o protagonismo juvenil e ainda, fortaleceram a internacionalidade marista. Nestes dias nossos jovens, voluntários, Irmãos e representantes tiveram a oportunidade de vivenciar momentos que com certeza farão parte de suas histórias.

Uma festa de cores, ritmos e muita alegria na abertura oficial.

Orações e partilha de experiências entre os participantes. 

Visita ao Cristo Redentor e a instituições que desenvolvem projetos sociais no Rio de Janeiro com atenção especial às crianças, adolescentes e jovens de famílias que vivem em situação de risco e vulnerabilidade social. 

Ouvir e dialogar com o superior geral do Instituto Marista, Ir. Emili Turú, com provocações de como promover a reflexão entre os jovens para fazer a diferença.

Oportunidade de um bate papo com o Provincial da Rede Marista, Ir. Inacio Etges.

Participar do encontro entre os 4 Ramos Maristas (irmãos maristas, irmãs maristas, irmãs missionárias maristas e padres maristas)

Assim como contribuir na construção dos apelos da juventude, fruto do diálogo e da partilha entre os participantes do evento.

Ir. Joaquim Sperandio em nome do Brasil Marista enfatizou em sua fala: Vejo os jovens desse encontro como os discípulos de Emaús, que voltaram felizes para Jerusalém para contar do Cristo ressuscitado”.

Na diversidade foi formada uma única família marista, de rosto jovem, movida pelo carisma deixado por Champagnat há quase 200 anos.

Obrigada a todos que se dispuseram a fazer essa experiência!!