Grupos Maristas do RS

Sobre juventudes | Juventude levada (em) C+O-N+T=A

Sobre Juventudes,

Fonte: Ipea

A maior preocupação dos jovens é a qualidade da educação. 

De acordo com a pesquisa “Juventude Levada em Conta”, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea,) realizada no mês de maio, que ouviu 11.430 pessoas, 85,2% dos jovens estão preocupados com qualidade da educação. O resultado foi obtido antes da chamada Jornada de Junho, quando milhões de brasileiros foram às ruas pedindo mudanças para o Brasil, e é superior 4,75 pontos percentuais em relação aos não jovens.

Eliminação do preconceito, melhores condições de trabalho e melhoria nos transportes são outras preocupações assinaladas pelos entrevistados entre 15 e 29 anos. Ter um governo honesto e atuante é, também, uma das prioridades para 63,5% dos jovens.

Pelos números do relatório do Ipea, atualmente, o Brasil possui 51 milhões de jovens, o que representa 26% da população total. A tendência é que o público jovem brasileiro, entre 15 e 29 anos, sofra após 2022 uma queda mais acentuada do que a do restante da América Latina, embora menos intensa do que passará a China, de acordo com dados da pirâmide populacional.

A expectativa é que o chamado período “platô da juventude”, que inclui o público jovem adolescente (15-17 anos), o jovem-jovem (18 a 24 anos) e o jovem adulto (25 a 29 anos) sofra uma contração de 12,5 milhões entre 2023 e 2042.

“Ao final desse século, a juventude será 60% da que temos hoje”, preconiza o instituto de pesquisa no documento. “Hoje temos a maior juventude da história, foi a maior pré-juventude e será a maior força de trabalho relativa e absoluta, mas não será a maior população idosa”, que deve ser composta pelos filhos destes jovens por causa da redução da taxa de mortalidade .