Grupos Maristas do RS

Música | Para não dizer que não falei das flores

Dica de Encontro,

A Dica de reunião dessa semana nos traz música e imagens.

A música em questão é Para não dizer que não falei das flores de Geraldo Vandré, com imagens dos protestos que aconteceram por todo o Brasil em junho de 2013.

Como setembro é um mês onde se comemora a Independência do Brasil (?) vale refletir sobre a letra, contexto de como essa música foi elaborada e o tempo em que vivemos. 

                                      

 Histórico:

Usando seu talento poético e musical, Vandré em 1968 ousou driblar a censura implacável que os militares reservavam a toda manifestação cultural que fosse de encontro do regime estabelecido, para lançar no ar uma mensagem musical. Alertado o povo brasileiro para a situação reinante, e principalmente para a necessidade desse povo tomar para si as rédeas da história.

A música foi proibida por anos, mas acabou se transformando no hino oficial de toda uma geração politicamente consciente e devidamente engajada em movimentos sociais.

 

Letra:

Caminhando e cantando e seguindo a canção

Somos todos iguais braços dados ou não

Nas escolas nas ruas campos construções

Caminhando e cantando e seguindo a canção

Então vem vamos embora que esperar não é saber

e quem sabe faz a hora não espera acontecer

Pelos campos a fome em grandes plantações

Pelas ruas marchando indecisos cordões

Ainda fazem da flor seu mais nobre refrão

E acreditam nas flores vencendo o canhão

Há soldados armados amados ou não

Quase todos perdidos de armas na mão

Nos quartéis lhes ensinam uma antiga lição

De morrer pela pátria e viver sem razão

Nas escolas nas ruas campos construções

Somos todos soldados armados ou não

Caminhando e cantando e seguindo a canção

Os amores na mente as flores no chão

A certeza na frente a história na mão

Caminhando e cantando e seguindo a canção

Aprendendo e ensinando uma nova lição