Grupos Maristas do RS

MJM| Dia de rever princípios e formular atitudes

PJM,

Terceiro e último dia da Missão Jovem Marista (MJM). Dia de fazer síntese das experiências, do que foi vivenciado, escutado, das relações, sorrisos que encontramos nestes dias.
Foi tempo de conhecer todos os espaços de trabalho, onde os colegas missionários tinham atuado nos dois primeiros dias.


       Missionários curiosos na visita de todos os espaços de trabalho 

Foi dia também de fazer a última foto coletiva no assentamento, assim como de despedidas e agradecimentos. Agradecimentos às pessoas que nos receberam de coração aberto, que nos ajudaram a desmistificar conceitos e pré-conceitos e a responder com firmeza que existem espaços onde a Civilização do Amor acontece a partir da organização, cooperação e trabalho coletivo.


            Missionários com algumas das lideranças da Coopan

A tarde foi tempo de relembrar os princípios individuais construídos e a partir deles, construir princípios coletivos, para que cada um se perguntasse que atitudes poderiam ter para colocar esses princípios em prática.
Foi feita uma bonita experiência, mas ela é parte de um processo, em que todos devem contribuir na construção de uma sociedade com justiça social e fraternidade nas suas realidades.


                    Construção dos princípios coletivos 

Chegou a hora da despedida também para que os  jovens testemunhem o que assumiram como proposta de vida.
A simbologia usada para o envio foi a Kombi, veículo utilizado no transporte ao assentamento e como metáfora do processo coletivo.


            Envio dos missionários, com a simbologia da Kombi

Literalmente agarrados à bandeira da PJM símbolo caro para a PJM, reafirmamos o compromisso de viver uma experiência de fé na prática da vida.


 

“Acreditamos que a vida tem valor
Somos parte da mensagem do amor”