Grupos Maristas do RS

Civilização do Amor| Nosso horizonte

Mística da PJM,

“O que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos,
o que contemplamos e o que as nossas mãos apalparam (...).
Nós vos anunciamos” (1Jo 1,1).

Na evangelização das adolescências e juventudes do continente Latino-Americano e Caribenho, de muitas formas e jeitos, é usada a expressão “Civilização do Amor”. Essa expressão foi utilizada pela primeira vez pelo Papa Paulo VI, em 1976, logo após a realização do Concílio Vaticano II que trouxe um novo olhar para a caminhada da Igreja Católica em todo o mundo.

O apelo profético do Papa Paulo VI foi acolhido pela Pastoral Juvenil Latino-Americana e Caribenha e assumido com coragem por aqueles que começaram esse caminho e agora é continuado, com ardor, pelas novas gerações, as quais, por sua vez, o transmitem às adolescências e juventudes do Continente. O desafio é construir o Reino do Amor na Pátria Grande.

A Civilização do Amor acontece quando existe serviço à vida e opção incondicional pelo amor. É o grande ideal que Tu, Pai bondoso, nos deixaste: “Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei” (Jo 15,12). A Civilização do Amor surge da Tua Boa-Notícia e se inspira na Tua Palavra, na Tua vida e na Tua entrega plena. Acreditamos que esse outro mundo que sonhamos, de amor pleno, é critério inspirador e entrega total; um Projeto de Vida, um compromisso que exige organização, que se veste de utopia e caminha na realidade como tarefa diária numa esperança permanente.
Queremos aprender contigo, Mestre de Nazaré, que a Civilização do Amor não é só uma expressão bonita ou proposta ideológica, mas um conjunto de condições que permitem a vida humana ser plena e ter feliz destino.

Que bom poder sonhar com um mundo assim, com cheiro de vida, de novidade e de juventude!
E a PJM com esse projeto? “Civilização do Amor: projeto e missão dirige-se a toda nossa Igreja Latino-Americana e Caribenha, que reconhece e valoriza a presença significativa de jovens de várias expressões: Pastoral Juvenil Geral, Pastorais Específicas de Juventude, Congregações Religiosas de carisma juvenil, Movimentos Eclesiais Juvenis, Novas Comunidades etc. O pluralismo de carismas e metodologias de trabalho pastoral com os jovens, vivido na unidade, fortalece a ação evangelizadora e encontra nessa obra motivação e orientações” (Doc. Civilização do Amor, p. 10-11).

O que tua Unidade está fazendo para conhecer esse projeto e missão?

#ficaadica.

Assista ao vídeo Cúpula dos Povos - Mandinga para um Mundo Novo! 

E reze com o grupo:

Cremos, Senhor!
Nós cremos, firmemente, no novo céu e na nova terra.
Cremos no Teu Filho, que inspira ternura e libertação.
Cremos no Teu Espírito, que anima a Igreja que desejamos ajudar a construir.
Cremos numa Igreja acolhedora e profética.
Cremos que Maria nos ajudará a levantar “do pó os humildes” como ela mesma diz.
Cremos firmemente que a juventude pode ser uma força dinamizadora no Continente, ante a diversidade de culturas.
Acreditamos que ela é chamada a defender sua autenticidade e identidade, lutando contra os sinais de morte que afetam nossos povos.
E pedimos, juntos e insistentemente, que a Civilização do Amor, real em seus sinais visíveis e invisíveis, seja realidade plena entre nós.
Amém!

Texto: José Jair Ribeiro (Zeca) | Coordenador da PJM da Rede Marista.