Grupos Maristas do RS

Nota de apoio aos/as jovens estudantes na luta por educação pública

Sobre Juventudes,

Fonte: Cajueiro 

As ameaças que pairam sobre a educação pública em Goiás provocam muitas reações. Acomodar-se é a maior delas. Porém, trememos de emoção frente as iniciativas da juventude na luta e na defesa da educação no Estado de Goiás, a exemplo dos jovens de São Paulo. Eles/elas venceram as barreiras e muros do isolamento e saíram nas ruas, ocuparam as escolas e acordaram em nós o melhor, na luta pelo Bem Comum. Nossa Gratidão!!!

Esse movimento da juventude nos enche de esperança e nos coloca a seu lado, temos certeza que esta luta garante o futuro de muitos outros jovens. Privatizar fere nossa constituição e impede o acesso à educação; coloca as escolas ainda mais dentro do sistema que privilegia direitos a um grupo restrito.
Apoiar estes movimentos da juventude de Goiás e de São Paulo, nesta luta por educação, nos convoca a sair dos espaços cômodos e de isolamento, e a entrar na luta por garantir os direitos já conquistados. Por isto, dizer não ao Governador e ao seu projeto de privatização da saúde, educação e de todos os direitos sociais que foram conquistas de anos.

Nesta luta precisamos estar juntos: organizações da sociedade civil, famílias destes jovens, pais, professores e professoras. Juntos/as e somente assim podemos reverter estas políticas. Acreditar que somos nós que fazemos a POLÍTICA o cuidado com a vida e a atenção as necessidades de todas as pessoas. Neste movimento queremos nos juntar.

Lemos estarrecidos a nota de apoio do Conselho de Juventude do Estado de Goiás ao Governador e manifestamos nossa preocupação com um conselho que deveria assumir as lutas com a juventude e se manifestam contrário a ela. Por outro lado, merece destaque o Conselho Municipal de Juventude que assume com coragem a sua função na defesa dos interesses da juventude e do bem comum, como é a educação.

Convidamos as pessoas e os grupos a assinarem esta nota de apoio ao movimento da juventude na defesa da Educação Pública e de qualidade. Ocupar e resistir sempre porque os direitos se conquistam!

                                                                 Goiânia, 15 de dezembro de 2015.

 

Observatório Juventudes na Contemporaneidade
Cajueiro – Centro de Formação, Assessoria e Pesquisa em Juventude
Proafro – Programa de extensão da PUC/Goiás
Conir – Conselho de Igualdade Racial do Estado de Goiás
REJU – Rede Ecumênica de Juventude
Centro Cultural Cara Vídeo
Escola Profissional Familiar Rural de Mecubúri – Nampula – Moçambique
CEBI – Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos
MAC – Movimento de Adolescentes e Crianças
CRB – Conferência dos Religiosos do Brasil - Goiás
Comissão Dominicana de Justiça e Paz do Brasil
Cáritas Brasileira
Curso de Verão – Goiânia – Goiás
IBRACE – Instituto Brasil Central
Irmandade dos Mártires da Caminhada
PJ - Pastoral da Juventude Nacional
PJ – Pastoral da Juventude do Regional Centro Oeste
PJMP – Pastoral da Juventude do Meio Popular - Goiás
Centro Popular de Formação da Juventude - Vida e Juventude – Brasília/DF
CEA – Centro de Estudo e Assessoria – Brasília/DF
Fórum Goiano de Economia Solidária


Comissão de Justiça, Paz e Integralidade da criação – CRB Nacional
MDJ – Movimento Juvenil Dominicano
Conselho Municipal de Juventude
Agentes de Pastoral Negros
Centro Cultural Eldorado de Carajás
Coletivo Kizomba – Goiás
Enegrecer – Goiás
Movimentos dos Meninos e Meninas de Rua de Goiás
Coletivo para todos
Coletivo Quilombo
Movimento em Ação
Escoteiros Brasil – Região Goiás
CMP - Central de Movimentos Populares de Goiás


Estudantes de Psicologia da Universidade Católica de Brasília – UCB
Mídia Periférica, Salvador – BA
Renajoc - Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunicadores
PROMENOR – Espanha
GEMPO/ Cuiabá - MT
GPMSE /Cuiabá - MT
ABHP/Cuiabá –MT
CPT – Comissão Pastoral da Terra - Goiás